Categoria: Dicas (Página 1 de 36)

VIAGENS DURANTE A PANDEMIA: DÚVIDAS, PROTOCOLOS E VACINAS

A pandemia de Covid-19 impactou a vida de todas as pessoas de uma maneira totalmente inesperada. A população precisou ficar de quarentena, adaptar-se ao uso das máscaras, higienizar as mãos com frequência e evitar aglomerações. Além disso, as fronteiras foram fechadas e todos os planos de viagens precisaram ser cancelados ou redefinidos. Uma verdadeira frustração!

 

Com esperança renovada em dose de vacinas, a vida parece querer voltar ao normal, pelo menos no quesito viagens. Porém, nada será como antes e muitas dúvidas surgem no planejamento de qual turismo está permitindo e como.

 

Você pode estar se perguntando: “Quando posso ir? Para onde posso ir? Preciso estar vacinado? Há alguma vacina específica para entrar em outros países? O que preciso levar?”

 

Calma! Vamos respirar fundo, relaxar e tentar se informar ao máximo. Neste artigo, tentaremos esclarecer algumas das suas dúvidas.

Vamos lá!

 

O QUE PRECISO SABER ANTES DE MARCAR A PRÓXIMA PASSAGEM?

 

Antes de comprar sua passagem aérea ou remarcar a data, é importante que você saiba que estar vacinado não é garantia de conseguir embarcar.

 

Por isso, é imprescindível que você leia todas as informações disponíveis no site de cada embaixada, confirme se o país escolhido está aceitando turistas brasileiros e quais imunizantes são autorizados em cada lugar.

 

Ficou complicado? Calma! Nós vamos te ajudar!  Para facilitar sua vida, listamos as principais informações que você precisa saber. Veja a seguir:

 

  • Relação dos países que aceitam cada tipo de vacina:

 

  1. AstraZeneca:

 

Anguilla, Antígua e Barbuda, Armênia,Bahamas, Barbados, Belize, Bermudas, Bolívia, Bósnia, Botswana, Canadá, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dominica, Emirados Árabes, Equador, Egito, Etiópia, Finlândia, Gana, Geórgia, Granada, Guatemala, Honduras, Inglaterra, Islândia, Jamaica, Maldivas, Marrocos, México, Montenegro, Namíbia, Nicarágua, Peru, Panamá, Seychelles, Sri Lanka, Saint Maarten, Suíça, União Europeia*.

 

*A Covishield, AstraZeneca fabricada na Índia, ainda não está sendo aceita.

 

  1. Pfizer/BioNTech:

 

África do Sul, Anguilla, Aruba, Bahamas, Belize, Bermudas, Bolívia, Bonaire, Bósnia, Canadá, Colômbia, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Curaçao, Emirados Árabes, Equador, Estados Unidos, Finlândia, Honduras, ilhas Turcas e Caicos, Inglaterra, Islândia, Maldivas, Montenegro, Peru, Panamá, Qatar, República Dominicana, Sérvia, St. Marteen, Suiça, União Europeia.

 

  1. Janssen:

 

Afeganistão, África do Sul, Anguilla, Bahamas, Belize, Canadá, Coreia do Sul, Estados Unidos, Finlândia, Honduras, Islândia, União Europeia e Qatar.

 

  1. Moderna:

Anguilla, Bahamas, Belize,Bonaire, Canadá, Coreia do Sul, Croácia, Curaçao, Estados Unidos, Finlândia, Guatemala, Honduras, Inglaterra, Islândia, Saint Maarten, Qatar, União Europeia.

 

  1. Sinovac (CoronaVac):

 

Armênia, Albânia, Azerbaijão, Belize, Benin, Bósnia, Camboja, Chile, China, Colômbia, El Salvador, Equador, Egito, Espanha, Filipinas, Finlândia, Grécia, Hong Kong, Indonésia, Islândia, Líbia, Malásia, Macedônia, México, Omã, Paraguai, República Dominicana, Singapura, Somália, Suíça, Tailândia, Uruguai, Tunísia, Turquia.

 

Observação: essa relação combina os imunizantes que estão sendo aplicados em cada país + os imunizantes que estão sendo aceitos em locais abertos para turistas.

  • Outros protocolos:

Após confirmar as informações acima, é necessário atentar-se para os outros protocolos. Para isso, resumimos em três tópicos as principais informações o que você precisa saber:

  1. Certificado online de vacinação:

Muitos países pedem um comprovante de vacinação. Para consegui-lo, é necessário baixar o aplicativo ConecteSUS ou acessar o site. Você precisará fazer um cadastro e, após isso, rapidamente terá acesso a um certificado.

Vale ressaltar que esse documento ficará disponível apenas quando a imunização estiver completa, então, fique atento à quantidade de doses e ao prazo de cada uma.

  1. Isolamento:

Cada país tem suas próprias regras. Alguns, além da vacina, exigem uma quarentena de 10 a 14 dias que deve ser rigorosamente cumprida.

Para lugares que ainda não aceitam viajantes brasileiros, esse isolamento deve ser feito em outro país autorizado.

  1. Testes:

Por fim, há ainda uma terceira opção: outros países, incluindo o Brasil, querem resultados de testes PCR negativos para Covid-19. Faça-o 72 horas antes de viajar, pois é importante ser recente.

Para finalizar, não se esqueça de continuar cumprindo as medidas sanitárias para conter o vírus e planeje sua viagem com antecedência.

Gostou?  Deixe sua dúvida nos comentários, vamos responder todos!

Para continuar te auxiliando, nosso próximo post falará sobre dicas de como um turista pode evitar aglomerações na viagem. Você não pode perder!!

Mala de Inverno para 1 Semana — 3 Dicas para Arrumar a Sua

Mala de Inverno para 1 Semana — 3 Dicas para Arrumar a Sua

Saber arrumar mala de inverno para 1 semana é essencial para que você se proteja do frio e mantenha-se aquecido durante toda a viagem. Os itens que devem ser colocados como prioridade — jaqueta térmica, cachecóis e luvas, por exemplo —, não podem ser esquecidos.

Confira no artigo algumas dicas para arrumar a sua!

Como arrumar mala de inverno para 1 semana?

A hora de arrumar uma mala é sempre uma dúvida, ainda mais quando você vai passar poucos dias. O medo de precisar de algo, muitas vezes, faz com que as pessoas levem excesso de bagagem. E você, é do time “melhor ter do que faltar” ou “levo apenas o essencial”?

Independentemente de que “lado” você esteja, saber arrumar mala de inverno para 1 semana é diferente do que fazê-la para um destino de calor, como praia.

Sabendo que existem peças que são indispensáveis para garantir seu conforto em toda a viagem, veja abaixo três dicas para arrumar a sua bagagem e não esquecer de nada:

1. Faça um checklist

O local para qual você vai tem muitos pontos turísticos ou você pretende ficar apenas no hotel? O seu checklist deve ser baseado nisso. Afinal, se for conhecer a cidade, o ideal é levar roupas confortáveis e que permitam a sua segurança durante todo o passeio.

Outro ponto crucial é em relação ao clima. Você irá viajar para fora do país ou em território nacional? Isso porque uma mala de inverno para 1 semana no sul do Brasil é diferente da pensada em Ushuaia, por exemplo.

Alguns itens-chave que não podem faltar independentemente do seu destino, e merecem estar no seu checklist, são:

O indicado é que você leve uma única quantidade de cada, pois a viagem é de uma semana!

2. Coloque as peças pesadas embaixo

Roupas de frio são pesadas, por isso, opte por colocar casacos, jaquetas e sobretudos embaixo de tudo. Dessa forma, você já garante o espaço deles e pode melhor aproveitar as peças mais leves para irem em cima.

Uma dica é já ir para o destino com algumas vestimentas em corpo. Por exemplo, com as botas e o casaco em mãos. Além de desocupar um espaço considerável, você já chega quentinho(a) no local.

3. Dê preferência às cores neutras

Quando pensamos em roupas de frio, automaticamente, cores escuras veem em nossa mente, certo? Preto, branco, marrom e cinza são curingas para qualquer composição.

Além de combinarem com tudo, as tonalidades mais escuras retém calor e podem deixar o seu passeio mais prazeroso.

Gostou das dicas? Veja também como economizar em viagens com seis dicas práticas! Continue acompanhando o blog Tchê Inverno.

Você Sabe Como Usar Meia Calça para Compor Seus Looks?

Você Sabe Como Usar Meia Calça para Compor Seus Looks?

Se tem uma peça que faz sucesso, especialmente quando as temperaturas caem, é a meia calça. O item é versátil, traz inúmeras possibilidades de looks e pode ser encaixado em praticamente todas as produções.

O mais interessante é que existe uma variedade infinita de meias calças, das clássicas invisíveis, às mais grossas de fio 80, até as coloridas, geométricas e com texturas. Quer saber aproveitar ao máximo essa peça? Acompanhe o artigo!

Como usar meia calça com saias e vestidos?

A meia calça é ideal para transformar aquele look meia estação em um visual de inverno e cai muito bem com os diversos estilos de saias e vestidos. Sarja, couro, jeans, veludo e suede são algumas das opções de tecidos que ornam muito bem.

Nessas composições, as botas formam o par perfeito e o resultado é incrível. Vale usar e abusar dos mais diversos modelos, desde cano alto, passando pelos coturnos e até mesmo as ankle boots.

Sabe aquele seu vestido queridinho para os dias quentes? Ele pode muito bem ser combinado com meia calça, trench coat, casaco ou jaqueta de couro para criar um novo visual.

Como usar meia calça com short?

O short também pode ser combinado com uma meia calça, desde o clássico jeans até os de alfaiataria criam ótimas combinações. Para finalizar, é só adicionar algumas peças mais invernais, como os coletes de pelo falso.

Meia calça para criar um visual mais formal?

Engana-se quem pensa que não dá pra criar um visual de trabalho ou eventos noturnos com meia calça. Entretanto, para conquistar um efeito mais formal, a dica é optar pelos modelos fumê e de tons de pele. Para finalizar, opte por sapatos de salto alto que não tem erro!

Inclusive, essa é uma boa aposta até mesmo para festas em dias de frio intenso. Fica perfeito tanto com vestidos pretos, como também de outras cores. A dica é balancear no fio da meia calça. Para tecidos mais leves, opte por meias mais finas (como fio 15 e 20). Já roupas de veludo, por exemplo, ornam melhor com fio 80.

Aprenda a combinar meia calça estampada

Outra grande tendência é a meia calça estampada, desde a famosa arrastão até às novas queridinhas em poá. Para não ter erro, vale lembrar que quando a peça carrega muito informação, é importante equilibrar com roupas lisas e sem estampas.

A escolha também pode variar de acordo com o modelo da meia. A estampa xadrez, por exemplo, fica melhor com peças mais clássicas. Já a arrastão cai muito bem em um visual mais moderno, com coturnos e tecidos que imitam couro ou vinil. Enquanto meias rendadas casam com um look mais romântico, como vestidos e cardigans.

Gostou das dicas para usar meia calça e compor diferentes looks? Para conferir outros conteúdos do mundo da moda, siga acompanhando o blog da Tchê Inverno!

Página 1 de 36

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén